Programa Foco no Fogo faz visitas a propriedades rurais de cinco cidades para orientar sobre risco de queimadas

0
7

As ações ocorrem Miracema, Miranorte, Lajeado, Aparecida do Rio Negro e Ponte Alta do Tocantins. Neste ano foram registrados 1.032 focos de calor no Tocantins até 23 de maio. Equipes visitaram propriedades rurais
Fernando Alves/Governo do Tocantins/Divulgação
Propriedades rurais de cinco municípios da região central do estado estão sendo visitadas nesta semana pela equipe do programa Foco no Fogo. O objetivo é levar orientações sobre as queimadas ilegais para os moradores da zona rural. As ações ocorrem Miracema, Miranorte, Lajeado, Aparecida do Rio Negro e Ponte Alta do Tocantins.
A primeira parada da comitiva foi em Miranorte, onde seis equipes visitaram cerca de 60 propriedades rurais. O grupo de trabalho conta com equipes da Secretaria de Estado do Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Semarh) e instituições que compõem o Comitê Estadual de Prevenção e Controle às Queimadas e Combate aos Incêndios Florestais (Comitê do Fogo).
A diretora de educação ambiental da Semarh, Erliette Gadotti, explica que os próprios moradores reclama que as queimadas têm causado consequências na saúde dos idosos. “A gente está levando orientação sobre o quanto são prejudiciais as queimadas ilegais e alertando sobre as queimas de resíduos de quintal, apontando os prejuízos não só em relação à vegetação, mas também para a saúde”, relatou.
Neste ano foram registrados 1.032 focos de calor no Tocantins até 23 de maio. Número que já é 42% maior que o registrado em 2021, segundo o Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe).
Para reduzir os índices o trabalho dos órgãos ambientais já começou e vai até depois do período mais crítico do ano, entre os meses de agosto e setembro. Uma força-tarefa foi montada e vai contar com a participação de 32 instituições.
Além das ações de prevenção, combate e controle das queimadas vão contar também com a participação de 1.200 brigadistas divididos em 105 municípios do Tocantins.
Veja mais notícias da região no g1 Tocantins.

Fonte: G1 Tocantins